Algumas palavras sobre Pier Paolo Pasolini


'Pasolini dizia que "barbárie" era a palavra que ele mais amava. Não à toa, a palavra rima com esses tempos duvidosos e rasos de linguagem superficial. O estudo da obra desse fundamental e visceral poeta e cineasta é imprescindível. Afinal, vivemos em constante estado de espanto, tempos apáticos, midiáticos e de ideologias duvidosas.

Questionador e intelectual, Pasolini nos evoca questões extremamente contemporâneas mesmo quarenta anos depois de sua morte.

Percorrendo vida e obra de uma das personagens mais controversas e polêmicas da história do cinema, esse livro pretende servir de introdução ao rico universo intelectual do cineasta, poeta, semiólogo e escritor italiano.

"Pasolini, do Neorrealismo ao Cinema Poesia" pretende provocar questionamentos essenciais para a formação de um cidadão ativo e participante de sua identidade e formação cultural. Inquietações que nosso poeta já semeava no movimento neorrealista italiano, uma constante busca da linguagem cinematográfica inventiva e sem concessões, assim abrindo espaço para o surgimento do cinema autoral, seu Cinema Poesia.'

(Ilustração: Marcos Garuti)

Davi Kinski falando sobre seu livro 'Pasolini, do Neorrealismo ao Cinema Poesia'. Publicado pela Laranja Original. À venda em: www.laranjaoriginal.com.br/product-page/pasolini

#davikinski #paolopasolini #cinema #biografia

Destaque
Recentes