AO VENTO QUE ME CARREGUE

vou

do desapego do astronauta
a paixão de uma cadela vagabunda

 

compro um trecho
de um polo a outro
 sem escalas
sem escada rolante

 

voo
com um paraquedas
pelos imprevistos
só um

tende a falhar

 

mas sempre aceito sugestões

 

caio de bom grado
na rede de um bombeiro

 

- Paula Cohen

 

'Este livro é feito de faces e fases. Contrastes e oásis. Dilemas e dramas. Apontando para o futuro. Corroída na memória. Mas sempiternamente alerta. Aérea e terrena. Aberta ao movimento. Nunca parada no esquecimento.

Para onde for, toda ela, mulher, irá inteira. “Quanta custa um apartamento na lua cheia?”.

Tudo ao mesmo tempo agora. E aqui. Não importa se Cleópatra ou Madalena. “Uma sina buceta de ver o mundo / de desejar o mundo / para dentro de si”.

O mundo que parece ter começado no Uruguai. De onde vem a sua língua-mãe apaixonada. Que nos entrega versos para guardar. Bons para interpretar em voz alta. “Desnuda aprendo que el deseo / no dice fin”. Ou em bom português: “Posso ser aquela que você sonhou / quando fechou os olhos pela primeira vez”.

Saúdo e aplaudo mais esta bela estreia de Paula Cohen. Quando as páginas-cortinas se abrem, é segurar a respiração. E se reconhecer em cada fera, ferida. Frase, imagem. Palavra dramática e lírica.

Ela, agora no papel de poeta, mais uma de suas grandes protagonistas.'

 

Marcelino Freire

 

Ilustração - Flavia Erenberg

Vou comer brilhantes para ver se quebro um dente

R$30.00Preço

    Nossos livros

    • Facebook Social Icon
    • Instagram ícone social
    • Twitter Social Icon
    • Google+ Social Icon
    • SoundCloud Social Icon

    Contato

     

    © 2016 Laranja Original